Bem coisa de Mãe: De olho no desenvolvimento do filhote...

Olá queridas leitoras!!! Sempre começo fazendo uma saudação às meninas, mas descobri há pouco que tenho público masculino também...rsrsrs legal né?
Então...Olá pessoal, fica mais adequado.
Bem, toda mãe AMA quando começa aquela fase do baby que ele inicia os primeiros passinhos, começa a ter mais expressões, tenta balbuciar algumas palavrinhas...enfim, tudo de novo que o baby faz é motivo para uma explosão de amor dentro da gente. É também a fase em que as mamães se preocupam com o desenvolvimento, se tá tudo certinho e talz, mas as mães de prematuro hão de concordar comigo: a gente fica com o  dobro de preocupação a esse respeito.
Logo nos primeiros meses de gravidez ganhei de minha mãe um livro chamado" A vida do bebê" do Dr. Rinaldo De Lamare. Eu amo esse livro, é um livro muito completo que vai até quase os 3 anos do bebê, passo à passo, mês á mês. No entanto sabemos que mesmo a maior e melhor literatura do mundo não substitui a prática, nem as experiências já vividas por outras mães, e que cada bebê é um caso à parte. O desenvolvimento de um não é o mesmo do outro e por aí vai. A questão é que ter uma referência ajuda e muito, principalmente se for de um pediatra, apesar de eu desconfiar de algumas coisas que vejo e ouço por aí...rsrsrsr.
Por isso vim hoje compartilhar com vocês um pouquinho do que tem nesse livro e também o que tenho lido a respeito dessa fase do bebê, entre 1 ano e 3 meses até 1 ano e meio. São informações bem legais mas que não dispensam a leitura na íntegra do livro, e também a consulta à outras fontes, eu gosto muito de fóruns a respeito na net e também do site Baby Center.
O Aquiles fez 1 ano e 3 meses agora, mas a gente sabe que pela prematuridade ele ainda não tem biologicamente o mesmo desenvolvimento, mas algumas coisas ele já faz.
Uma das coisas que li e que achei bastante legal é sobre a formação da personalidade, que já começa nessa fase com as "repetições" do que fazemos. Apesar de parecerem tão pequenos já prestam a atenção em TUDO  o que fazemos...pra fazer igual!!!
O comportamento emocional é bem claro, ou se empolga com algo, tipo um brinquedo, ou de cara já se irrita, é aí que começam as BIRRAS mamães, e cabe a nós mediar isso. O Dr. Rinaldo explica que é nessa fase que devemos deixar bem claro o que pode e o que não pode, o que é admissível e o que não é, pois já são perfeitamente capazes de compreender isso, bem como ensiná-los a guardar os brinquedos ou algo assim. É nessa fase também que eles começam a querer menos leite (na mamadeira) eu fiquei meio assustada porque o Aquiles começou a querer mamar menos...mas depois vi que era normal depois.
Nesse livro, também em todas as fases, há uma espécie de pequenos testes que ajudam a desenvolver a inteligência. Eu sempre faço com o Aquiles, nesse período alguns deles são:
  • Jogar e receber a bola de um adulto;
  • Recordar-se de algo após 3 minutos: Dê uma caixa com um brinquedo para o bebê, depois tire a caixa e o brinquedo de dentro e espere 3 minutos, devolva-a e ao abrir o bebê deve notar a ausência do brinquedo;
  • Compreender uma ordem, como: - Venha até aqui, ou - Peque tal brinquedo;
  • Executar movimentos difíceis, como montar dados que caibam um dentro do outro ou brinquedos de encaixe;
  • Demonstrar preferência por coisas chamativas e coloridas, como ao apresentar um cartão de uma só cor e um colorido.
Esses são só alguns testes, mas existem muito mais atividades que podemos fazer com nossos bebês que ajudam bastante!
Outra coisa que fiquei muito surpresa de saber é que devemos ter muito mais cuidado com a escolha dos brinquedos do que pensamos!!! Apesar de ficarmos sempre preocupadas com os riscos de um brinquedo machucar ou não, descobri que brinquedos e até mesmo brincadeiras inadequadas (que provoquem irritação ou medo) podem tornar um bebê tão infeliz quanto a falta de carinho!!! Que coisa não?
Bem, ainda tem muito mais coisas que eu quero compartilhar com vocês, como a alimentação, a quantidade de comida que o bebê deve ingerir por dia (a gente fica suuuper preocupada se eles estão comendo bem ou não, né?), entre outras coisas, mas para o post não ficar exaustivo e enorme, hoje vou parar por aqui, e deixar a indicação do livro, mas volto em breve com mais um "Bem coisa de mãe" falando mais do desenvolvimento. Um super beijo e fiquem com Deus!



















:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário! Eu e Aquiles agradecemos muito! Um super beijo!