Falta emprego ou falta qualificação?

E a odisseia da busca do emprego continua...
Desde que fui demitida ainda no quarto mês de gravidez do Aquiles que eu não consegui mais emprego. Na verdade tenho que ser sincera, não procurei mais também...apenas no início, queria ficar em casa cuidando dele. Acontece que as contas continuavam a chegar e cheguei a conclusão de que não podia mais esperar. Isso já faz um tempinho, o Aquiles estava com 8 meses quando resolvi que sairia em busca de um novo emprego. O que ocorre de lá pra cá é a mais dura realidade da sociedade brasileira: a gente não acha emprego!!!! É difícil pra caramba....
Não sei se em toda cidade há um Posto de Atendimento ao Trabalhador, mas aqui tem, e sempre que vou até lá sempre tem algo que "cabe' no meu currículo, algo que eu sei que consigo desempenhar bem. No entanto o que tenho visto, inclusive comigo, é mais a falta de preparo, de qualificação do que a falta do cargo, do emprego em si.
Frequentemente vejo cargos que facilmente eu poderia estar ocupando se eu tivesse terminado minha pós graduação pela USP. Diga-se de passagem que acabei largando porque, ou eu trabalhava para viver...ou estudava e morria de fome! rsrsrsr... Outros cargos também acabam me esvaindo pelas mãos quando me deparo com a dura realidade do professorado de hoje: se você não tem nenhuma formação em Pedagogia ou Psicopedagogia, você não é uma primeira opção. Eu sou formada em LETRAS/ Português e Inglês, mas apenas isso e meus 12 anos de sala de aula não bastam para que eu seja admitida, eu preciso me atualizar.
Honestamente eu já sabia disso, a questão é ter filho pequeno pra cuidar, casa e marido e ainda arrumar tempo e dinheiro para tal. Com certeza o que ocorre por aí é o mesmo que ocorre comigo: falta qualificação e não emprego. Infelizmente as pessoas não tem a formação mínima necessária para desempenhar as funções que estão à disposição; e forçosamente não por culpa delas (isso seria uma minoria), e sim por uma questão de oportunidade, no caso a falta da mesma. As pessoas não tem oportunidade de crescer na carreira e por muitos motivos: falta de incentivo, baixo salário, o que obriga as pessoas a se matarem de trabalhar e esgotar seu tempo trabalhando e não buscando instruir-se para crescer profissionalmente, má administração dos recursos públicos para o aperfeiçoamento profissional em praticamente todas as áreas, e principalmente a má qualidade da educação de nosso país, que libera milhões pra fazer uma copa pra "inglês" ver, e deixa nossos alunos à mercê da boa vontade dos professores, mal assalariados, que mesmo em péssimas condições de trabalho, ainda buscam resgatar os princípios da verdadeira educação de base.
Então caras amigas...a realidade é essa, falta mesmo é qualificação, aperfeiçoamento e não emprego.
Falta mesmo é vergonha na cara de nossos governantes em fazer algo melhor e  vergonha na cara à nós eleitores, cidadãos, que frequentemente deixamos de fazer o nosso papel.
Mas eu vou reverter isso, se Deus quiser, vou arrumar um emprego em breve, vou voltar a estudar e voltar a sonhar um dia com uma sociedade mais justa onde haja emprego, qualificação e tempo pra nós, nossos filhos e todas as gerações advindas.
Um super beijo!
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário! Eu e Aquiles agradecemos muito! Um super beijo!