A rotina mudou, o baby estranhou e a culpa chegou!

Oi Pessoal!
E depois de um tempinho...o volto eu aqui pra mais um post! Agora os posts serão mais regulares...prometo!
Bem, esse post vem falar das mudanças que ocorreram em minha vida e como isso acabou afetando (a gente querendo ou não) o Aquiles. Comecei a trabalhar há 2 semanas, não é o emprego dos sonhos, aliás esse sonho está em construção, mas isso é assunto pra outro post...como dizia, comecei a trabalhar em um escritório imobiliário, no período vespertino apenas, serviço de escritório que meu currículo atende, enquanto o Aquiles está na escola; não dá pra ficar rica, mas dá pra ajudar nas contas, pagar a escolinha dele, enfim, um emprego. Além disso, comecei a estudar para um concurso público, na verdade sempre estudei, mas agora tô  mandando ver porque a prova é logo, e claro, não dá pra deixar os afazeres de casa de lado. Foi aí que vi que as mudanças não seriam só comigo.
Num instante minha "planilha de atividades semanais" ficou lotada de atividades! Tenho essa mania de organizar tudo, tu-do, ponho horários e procuro seguí-los à risca, e sempre costumo dar conta. Faço isso por que otimizo meu tempo, sobrando tempo inclusive pra não fazer nada, o que é muito importante né!
Então acordo cedo, estudo, faço almoço, arrumo o baby pra escola, almoçamos todos, trabalho, pego o baby, volto, faxina do dia (vou dividindo na semana), jantinha, tempinho com o baby e o marido, e quando todos dormem...estudo de novo e...fim do dia!!! (isso meio por cima né...)
E com essa nova rotina, fico menos tempo com o Aquiles e inclusive não sou eu mais que o deixo na escola, é o papai, que me deixa no trabalho e segue com o Aquiles pra escolinha e o deixa lá, e aí...começou o chororô!
O Aquiles nunca, nun-ca chorou pra ir à escola...agora chega a berrar...meu marido disse que quando para o carro na porta, ele já começa a chorar...eu tendo a crer que não é nada com a escola, porque comigo ele ficava super bem...talvez seja manha, talvez esteja sentindo minha falta...não sei, só sei que a rotina, aliás a mudança na nossa rotina tem deixado ele manhosinho, tipo carente! E num grude com o pai...
Tô tentando levar na esportiva, mas confesso que fico com o coração na mão quando meu marido conta do berreiro!
Daí vem aquele velho complexo de culpa de mãe, que acha que não está fazendo as coisas direito, está ausente, não dá a atenção necessária...são pensamentos que ora vão, ora vem...mas tenho aprendido a lidar com isso, afinal, a vida tem que seguir, e como dizem, criamos os filhos para a vida, não pra nós!
Enfim...é só um pouco do nosso momento aqui pra vocês, pra que vocês compartilhem conosco dessa nossa nova etapa, que não é a primeira nem será a última!
Um beijo enorme pra vocês, e comentem aí se vocês já passaram ou estão passando por algo assim!
Beijãoo, fiquem com Deus e até!

4 comentários:

  1. Li q quase chorei, pois o Benjamin está prestes a entrar para escolinha também.... imagino como vc se sente, pois meu coração ta apertado só de pensar em deixar ele lá, confesso q achei q estava preparada, mas ñ to ñ kkk, como mãe sofre, bjos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem me fale...mas infelizmente...temos que fazer esse sacrifício pois às vezes a necessidade de trabalhar é maior!
      E aí...vamos nos ajeitando no que dá né? Beijão!

      Excluir
  2. Oi Samantha...também estou passando por isso...minha filha hoje tem 1 ano e 8 meses...esperei ela fazer 1 ano pra colocar ela na escolinho...graças a Deus até hoje não tive trabalho...eu levo e a vovó vai buscar...no meu caso, o pai dela trabalha muitooo e fica c/ ela em casa...tentei arranjar trabalho, porém sem sucesso..no meu caso, percebi que pelo menos por agora não posso deixa-la tão solta, até pela idade, então estou em casa, dando aula particular de informática pra ajudar pouco nas contas, percebi que não posso arranjar nd fixo por agora, ela andou muito doente...e não tenho a vovó disponível o tempo todo. Então..estou assim..quando ela fica doente..paro tudo e cuido dela..tenho ainda 25 anos, quero deixar ela fazer uns 6 anos, pq ai ela vai estar mais esperta e entender as coisas melhor...digo q vc é muito corajosaaa...rsrs, eu choro até hoje..beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai ...espera sim...se você pode, se há a possibilidade de esperar...espere sim. É sempre melhor podermos ficar com nossos pequenos, mas quando não dá...fazer o que né?
      Beijão e fique com Deus!

      Excluir
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

Obrigada pela visita e comentário! Eu e Aquiles agradecemos muito! Um super beijo!