Mordidas: Agressividade ou aprendizagem?

Ninguém gosta que seu filho seja mordido ou que morda alguém. Os pais da criança que foi mordida sentem-se culpados por expor a criança à essa situação, e os pais da criança que mordeu sentem-se envergonhados  pela atitude do filho. No entanto devemos lembrar que o primeiro contato da criança com o mundo é pela boca, e assim como todo ser humano,  a criança tem necessidade da descoberta, e a mordida muitas vezes amplia o conhecimento que possui  sobre o meio que a rodeia.

Existem vários motivos possíveis para a mordida: insatisfação com um colega que pegou  um brinquedo seu, pode ser uma forma de chamar a atenção dos  adultos, pode ser também uma forma de expor sentimentos os quais ainda não sabe lidar, como a retirada abrupta da chupeta por exemplo. Há ainda mordidas que ocorrem por mera brincadeira, afinal, nós mesmos, brincamos de morder nossos pequenos  de mentirinha, dizendo “ Que fofura! Dá vontade de morder!”, nesse caso a criança morde e ainda acha graça, porque na verdade não tem domínio da força que imprime à brincadeira e acaba mordendo o colega de verdade.

Muitas situações novas na vida da criança também podem favorecer a mordida; a ansiedade, se não for bem conduzida, pode ser descarregada dessa forma,  a chegada de um colega novo em sala, a chegada de um irmãozinho...etc. Se a mordida for recorrente, pode ser que a criança não esteja conseguindo controlar ou lidar adequadamente com suas emoções, morde como forma  de externar  os sentimentos que não estão sendo compreendidos, e por isso precisa de ajuda. Essa ajuda virá através do auxílio para que aprenda a negociar seus brinquedos, solucionar conflitos por meio de conversas e controlar suas emoções. 

Também é preciso estimular a criança a se defender, para não ser mordida, já que provavelmente em algum momento de seu crescimento será mordido ou morderá, e isso faz parte do crescimento da criança que está aprendendo a se relacionar.
Dicas para lidar com essa Situação
  •   Procure descobrir o motivo das mordidas;
  •  Converse com a criança e explique que não é certo agir assim, pois está machucando alguém;
  • Alerte a criança de que seu coleguinha, primo, irmão, não está gostando do que ela fez;
  • Nunca use agressividade com a criança que mordeu, pois isso não vai ajudar a entender que está errada. Geralmente as crianças que mordem não tem noção de sua força e não percebem que estão machucando o colega.

Espero que tenham gostado do post  e que tenha ajudado vocês!

Um super beijo e até o próximo post! 

Imagens: Google; www.blogelian.com.br
:) :,( ;) :D :-/ :? :v X( :7 :-S :(( :* :| :-B ~X( L-) =D7 :-w s2 \m/ :p kk

0 comentário

Postar um comentário

Obrigada pela visita e comentário! Eu e Aquiles agradecemos muito! Um super beijo!